Dog eyes

27 de agosto , 2015

As lições de português eram interessantes, mas não tanto quanto a derrelição de Hillé; a sala de aula, confortável, mas não encantadora como um daqueles banquinhos escondidos no Jardim Botânico carioca. Foi durante a estadia no Rio de Janeiro para estudar a língua brasileira que Adam Morris descobriu A Obscena Senhora D, e a escrita lúcida de Hilda Hilst foi sua companheira nas horas derramadas sobre as mudas plantad

Hilda Hilst vive

19 de agosto , 2015

Bem-vindo(a) à Revista HH! Este blog é mais uma forma de contribuir para o objetivo central do Instituto Hilda Hilst: preservar e divulgar a vida e a obra da escritora. Aqui os leitores vão encontrar matérias sobre Hilda Hilst e todo o universo que a cercava: a Casa do Sol, os amigos, os cachorros, os livros. Assim como o IHH pretende ser referência, catalizador e um porto seguro para a produção cultural, a Revista H